E invisível ando por ai. Vago sem saber aonde ir, eu grito na esperança que alguém ouça minha voz. –Rosa de Saron, invisível

     Acho que todos nós conhecemos esta sensação, de estar em um lugar e ninguém notar nossa presença. Em alguns momentos isto pode ser bom. Precisar estar em lugar sem querer estar naquele lugar, naquele momento é incomodo. Mas, e quando simplesmente somos invisível? E quando queremos ser notados e o mundo está ocupado demais para nos notar? Vivemos em um país de clima tropical em se tratando de geografia, mas de clima glacial em se tratando de pessoas. O mundo não tem tempo para nós. O mundo tem olhares para os festeiros, para os descolados, para os que sabem aproveitar o momento. Os invisíveis são apenas… invisíveis! Cada vez que vejo os termos de pesquisa que trazem as pessoas ao meu blog fico cada vez mais pensativo. Meu Deus! Meu Deus! Meu Deus! Ou o WordPress me engana ou tem muita gente se enganando e enganando os outros por ai com suas capas, caras e bocas. Há momentos que sinto que sou um cara muito mesquinho, achando que sou o único sofredor. Não que saber dos problemas alheios me console, definitivamente não. Mas ah!… queria poder sair da blogosfera e encontrar tais pessoas, promover um encontro onde pudéssemos nos abraçar e desabafar. Promoveria a reunião dos Homens e Mulheres Invisíveis com uma Causa Comum. Hoje acordei sentindo-me triste. Senti que estava perdido no mundo, perdido na vida, perdido dentro de minha própria casa. Olhar para minha família e não saber o que dizer tamanha tristeza, ser cobrado por não saber o que dizer e simplesmente ser deixado de lado… Deus, onde foi que nós erramos? Onde foi que eu errei?… Há momentos em que tudo que me resta é contemplar o que se passa a minha volta, e me vejo no meio do nada. Nada. O que é o nada? Terá o ‘nada’ forma, massa, cor? Ou é apenas uma expressão verbal para nossa frustração?

joy-and-sorrow1      Nada pode ser tudo que nos resta. Tudo depende das escolhas, se suas opções não se reduzirem a nada. Precisamos chegar a algum lugar. Aos que sentem-se invisíveis neste mundo você não está só. Invisibilidade é característico de super-heróis. Você é um super-herói. Acordar todo dia e encarar uma vida que vista de fora não tem nada demais, mas vista de dentro, do seu ponto de vista, trás angústias diárias de ter que encarar as mesmas coisas todos os dias, como que preso a uma roda gigante, onde nada muda, sempre os mesmos medos, os mesmo temores, as mesmas dores, as mesas desesperanças, e ainda assim você tem conseguido dia após dia levantar e encarar a vida, sim, você é um verdadeiro super-herói! Nós somos! Peço a Deus que um dia tudo se transforme. Tenho esperança que tudo nesta vida passa, absolutamente! Apesar da minha, da nossa tristeza, eu quero ter fé de que um dia estes momentos ficarão para trás e seremos visto por quem mais importa…

Anúncios