Querido Deus,

orac3a7c3a3o-na-montanhaNão sei se o Senhor tem internet no Céu, mas senti hoje a necessidade de registrar essa oração. Sei que não podemos esconder nada do Senhor, então serei honesto aqui. Por um tempo duvidei que você existisse. Tantas coisas negativas aconteceram e ainda acontecem comigo que achei difícil pensar que alguém tão bom pudesse estar em algum lugar nessa imensidão desconhecida. Depois passei a acreditar que o Senhor existia, mas que simplesmente não se importava comigo. Às vezes acho isso mesmo. Hoje quero acreditar que o Senhor existe e se importa comigo e que tem um propósito pra minha vida, seja ele qual for. Minha história não começou esses dias. Lembra Deus naquele dia que minha mãe saiu para trabalhar e meu pai não estava em casa e fiquei aos cuidados de uma mulher que me bateu? Deus, eu ainda nem tinha um ano de vida e já estava sofrendo violência? O que eu fiz? Não entendo por quê… Depois disso a vida foi passando. Meu pai começou a demonstrar desrespeito por mim. Ele gostava de tocar em minhas partes, e tirar brincadeiras sexistas quando eu ainda era criança. Tudo que eu pedia a ele, ele dizia que só ia me dar se eu deixasse ele tocar em mim. Isso não parece ser uma atitude de quem ama. O corpo é meu, ele não tinha o direito de me desrespeitar! Senhor, eu sei que o Senhor viu essas coisas, por que as permitiu? Isso me causou tanto sofrimento. Cheguei a fase da pré-adolescência. Queria ter amigos, mas meus pais não me deixavam tê-los. Senhor, minha mãe repetiu várias vezes que eu não precisava de amigos, que a família era a amizade que eu precisava, e cresci tão sozinho. Sabe Deus, eu odiei meus pais por isso. Quando cheguei a puberdade sofri tanta confusão ao descobrir que gostava de meninos. Lembra Senhor que eu me escondia na escola porque não conseguia conviver com outros meninos? Lembra que eu não fazia educação física pra não ter que ir tomar banho junto outros meninos pelados pra não me sentir envergonhado com o que poderia acontecer? O Senhor viu de quantos garotos eu me afastei por não saber como reagir, e só ter companhia das meninas e ser tachado e viadinho, mariquinha, frouxo e tudo o mais? Lembra Deus quando entrei no ensino médio todas as humilhações que passei e sentia vergonha de contar em casa e tive que suportar calado pra não ter que dar explicações pelo fato de meus pais não entenderem o que se passava comigo? Acho que o Senhor lembra quando cheguei na faculdade e conheci aquele rapaz (eu acho que o Senhor sabe o nome dele, não preciso citar), e apareceu aquela mulher dizendo que teve uma “revelação” de que eu ia me envolver com ele, e depois disso o Senhor me libertaria. Ela disse tantas coisas que me deixaram desejando aquele rapaz e quando não aconteceu ela disse que o Senhor tinha me dado livramento. Deus, eu não entendi, se o Senhor não ia deixar acontecer, por que disse à ela que aconteceria e me fez passar tanta angústia? Ela mentiu para mim não foi? Acho que sim… Acho que o Senhor também viu quando conheci aquele outro rapaz na igreja e me apeguei muito a ele. Lá veio essa mulher de novo dizer que algo aconteceria e que ela orou pedindo que nos afastássemos. Poxa Senhor, era meu único amigo. O Senhor sabe que por ter sido criado isolado eu não sei muito lidar com as pessoas… Estou aprendendo ainda. Lembra Senhor que dia 01 de julho de 2010 eu chamei meu único amigo e, acreditando que estava fazendo o certo, disse que não queria mais a amizade dele? Ah! Como eu estou arrependido. Depois disso o Senhor deve ter visto minha decadência, saí da igreja, deixei de acreditar em muita coisa. O Senhor viu que em algum momento de maio de 2013 eu conheci um rapaz pela internet e nos envolvemos? Acho que sim… Ainda estamos aqui. Mas eu sinto tanto medo desse relacionamento. É muito ruim viver escondido. Ah! Senhor… Eu olho minha história resumida e me vem tanta coisa na cabeça, tantos adendos que poderia colocar aqui, mas não sei se teria espaço nesse relato. Deus, eu estou com medo da vida. Eu queria que tudo estivesse diferente, mas não está. O Senhor viu o que os psicólogos falaram. Síndrome do pânico, bipolaridade, melancolia, estresse. Senhor, era esse mesmo o caminho que o Senhor queria pra mim eu fui eu que me perdi e tomei o rumo errado? Está tudo tão difícil! Tenho medo de morrer e perder meu lugar no céu. Tenho medo de nunca me encontrar nessa vida. Estou aterrorizado. Eu quero acreditar no Senhor, quero ter esperança de que tudo vai mudar, mas não sei se consigo dar mais um passo. Senhor, peço Sua ajuda, pois não existe um ser humano que possa fazer algo por mim. Eles não querem nem tentar entender meu lado. Não quero ser rotulado. Quero ser salvo. Não sei se minhas feridas são tão profundas que não haja salvação para mim, mas se o Senhor pode fazer o impossível então meu caso não é nada para o Senhor. Estou doente no corpo e na alma. Estou com medo. Segure minha mão e me ajude a passar pela vida.

Deste Seu filho que não desistiu de acreditar…

Anúncios